1

Várias opções de cores no PictoSelectorO Picto-Selector, de que falámos há algumas semanas quando da tradução do site de suporte para português, esconde muitas possibilidades que só ficam disponíveis se escolhermos o Utilizador Avançado, no menu Configurações. Apesar da escolha deste modo de trabalho poder tornar a utilização do programa mais complexa, há opções que convém conhecer para, em último caso, activarmos o modo de Utilizador Avançado quando as precisarmos.

Uma das observações constantemente repetidas pelos professores ao trabalharmos com tabelas de comunicação refere-se à necessidade de encontrar formas de minimizar os custos de impressão. O Picto-Selector oferece várias possibilidades de alterar as cores, permitindo adequá-las a fins específicos (por exemplo, escolhendo cores para alunos com algum tipo de défice visual) ou prolongar a vida útil dos tinteiros. Pode mudar a cor de fundo (para usar a chave de Fitzgeral, por exemplo) mudar as cores dos pictogramas, etc. Como Utilizador Avançado, as opções Antes de colorir e Desaparecer (ou Desvanecer) deixam mudar as cores dos pictogramas para Negativo ou Tons de Cinza, substituir cores individualmente ou alterar o grau de transparência. Experimente.

Se tem usado o Picto-Selector, sabe que não existe forma mais simples de pesquisar pictogramas em várias bibliotecas de símbolos. O que pode não ter reparado é que a última versão disponível tem pela primeira vez totalmente traduzidos os símbolos ARASAAC em português! Esperamos que possa utilizá-los com os seus alunos e, se encontrar erros, não hesite em contactar-nos ou, alternativamente, inscrever-se como tradutor.

BOA PÁSCOA!

Alunos participam num workshop de tecnologias de apoioNo dia 19 de Março, o CANTIC esteve numa escola de 1º ciclo próxima para falar a alunos do 1º ao 4º ano sobre os Centros de Recursos TIC, a sua missão, objectivos e actividades. Apesar de estarmos habituados a falar sobre os Centros de Recursos a alunos, pais, professores e público em geral, aceitámos este desafio com a noção de que o público infantil exige explicações muito claras e directas, adaptadas ao seu nível etário, curiosidade insaciável e sede de participação. Por isso, preparámos um pequeno workshop dividido em quatro partes: o papel, objectivos e missão dos CRTIC e a forma como o CANTIC os concretiza; falar com as mãos, sobre a importância e os instrumentos da comunicação aumentativa; eu também quero brincar, para mostrar a necessidade do jogo no desenvolvimento e o papel dos brinquedos adaptados; histórias com cabeça, para experimentar a técnica de varrimento e as possibilidades de escrita com utilização de um manípulo accionado com a cabeça, com o cotovelo, etc.

Durante toda a tarde, repetimos o pequeno workshop nove vezes, em sessões contínuas que se prolongaram até ao encerramento da escola. A candura, a rapidez nas respostas, o interesse e a vontade de todos em participar em todas as demonstrações e actividades surpreenderam-nos tão positivamente que o tempo passou quase sem darmos conta.

Aos alunos, obrigado pelo interesse e pela aprendizagem que nos permitiram, Aos professores e coordenação, obrigado pelo convite, simpatia e profissionalismo.

Para ver mais fotos consulte o Flickr do CANTIC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Logotipo Dia Internacional da CorNo próximo dia 21 de Março celebra-se o Dia Internacional da Cor. Em 2008, a Associação Portuguesa da Cor propôs a adopção deste dia, considerando que a cor é um dos fenómenos que mais influenciam a vida das pessoas e um dos canais que mais contribuem para a percepção da realidade. Desde 2009, realizam-se actividades relacionadas com a cor em várias partes do mundo.
A aprendizagem das cores é uma etapa obrigatória no percurso escolar da maioria dos alunos e os professores dão-lhe grande importância (numa actividade recente no Tar Heel Reader, todos os professores criaram, sem qualquer indicação nesse sentido, livros sobre cores. Pode ver os últimos livros portugueses no Tar Heel Reader).

Ao fazer pesquisas no Google, talvez nunca tenha reparado nos ícones do lado direito da barra de pesquisa que possibilitam a procura com utilização de uma imagem de referência - o Google procura imagens semelhantes à que introduzimos -, com introdução por teclado virtual ou, no Google Chrome, a pesquisa por voz. Outra das ferramentas pouco conhecidas do Google é a possibilidade de encontrar imagens com base na cor dominante. Depois de escrever o termo a pesquisar, escolha a opção de Imagens. Do lado direito, clique no botão Ferramentas de pesquisa e escolha o tamanho, tipo e, claro, a cor dominante das imagens que procura. Finalmente, uma ferramenta ainda muito restritiva - muitas imagens ainda não têm qualquer referência a licenças - mas que convém lembrar é a pesquisa por direitos de utilização.

Tenha uma semana cheia de... cor.

Pesquisa de imagens de cor azul no Google

Cartaz Futurália - três jovens com Player 1, Player 2 e Player 3 sobrepostos

A Futurália é um evento que ocorre todos os anos na FIL. Este ano, a maior Feira portuguesa de Educação e Formação realiza-se de 11 a 14 de Março sob o tema O teu futuro está em jogo. Escolas, empresas e organismos ligados à formação querem mostrar o seu melhor pelo que podemos encontrar actividades que não deixam os visitantes indiferentes e são exemplos de vivacidade, criatividade e inovação.
Para ver alguns dos eventos e e acções que marcaram a Futurália do ano passado, veja as fotos no Flickr da Futurália.

O CANTIC volta este ano à Feira para tornar mais visível o trabalho dos Centros de Recursos TIC, mostrar de que formas as tecnologias de apoio são uma presença fundamental nas escolas do país e lembrar que a acessibilidade e o design universal são aspectos obrigatórios a considerar na escola mas também em todos os processos de produção e criação. Visite-nos ou veja aqui algumas fotos do que vai acontecendo nos próximos quatro dias.

Para saber mais informações sobre a Feira (formas de chegar, o programa para os diferentes dias, etc.) visite o site da Futurália.

As fotos mostram alguns aspectos do que tem sido a Futurália 2015. Para ver mais fotos do que temos visto por aqui, consulte o Flickr do CANTIC.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

1

Ecrã inicial das actvidades do Plaphoons Chispas de LuzSe já se habituou a usar o Plaphoons, sabe que o programa foi especialmente criado para comunicação aumentativa mas pode também ser usado para actividades pedagógicas, como temos vindo a mostrar. As nossas propostas têm incidido na exploração de temas como o Carnaval, as roupas de inverno ou as férias de verão. A construção é linear - o primeiro ecrã introduz a actividade. Clicar envia para o segundo ecrã. A partir daqui, quando o aluno escolhe a resposta correcta, o Plaphoons abre o ecrã seguinte e assim sucessivamente até ao ecrã de conclusão.

O conjunto de actividades que hoje propomos, muito poeticamente chamado Chispas de Luz, é a tradução de actividades existentes no site do autor, Jordí Lagares, e apresenta um menu inicial a partir do qual o aluno pode explorar cores, quantidades, frutos, vogais, números e transportes. Cada actividade progride para níveis de complexidade mais elevados.

Utiliza voz de síntese e, mais uma vez, pode usar-se a possibilidade de, ao abrir um ecrã, ouvir uma mensagem inicial (escolher Ao abrir uma tabela, ler o conteúdo da primeira célula, no menu Opções)a que o aluno deve responder seleccionando a opção correcta. Caso queira ouvir novamente a mensagem inicial, pode premir o ícone do altifalante, no canto inferior direito do ecrã.

Descarregue o ficheiro comprimido Chispas de Luz, descomprima-o e, depois de lançar o programa Plaphoons, inicie as actividades a partir do ficheiro index.pla. Acrescente novos ecrãs para tornar o conjunto de actividades mais rico ou separe as actividades por níveis de complexidade. Partilhe os resultados com os seus colegas ou envie-nos para colocarmos aqui.