Saltar para o conteúdo

Página inicial actividades para férias no PlaphoonsEsta semana propomos uma actividade realizada em Plaphoons, novamente sobre a temática das férias grandes de Verão. O que fazes no Verão é uma actividade que pode ser usada no computador ou, com muita facilidade, instalada em tablets ou smartphones Android. Pode funcionar com varrimento, desde que se active essa opção no Plaphoons. Em cada ecrã, existem três opções, sendo necessário escolher uma actividade relacionada com o lazer (ouvir música, nadar, comer gelado, etc.) para passar ao ecrã seguinte. Para ouvir a pergunta inicial em cada ecrã, deve estar activada a opção Ao abrir uma tabela, ler o conteúdo da primeira célula, no menu Opções.
Este tipo de actividade pode ser adaptado para a aprendizagem de uma língua estrangeira, bastando alterar e, eventualmente, tornar mais específicas (No Verão, eu nado; No Verão, eu como gelados; No Verão, não faço os trabalhos de casa,...), as mensagens gravadas. Também é possível usar síntese de voz para a língua a estudar.

Pode descarregar a actividade O que fazes no Verão.

Página inicial actividades para férias no JClicAtirar aves suicidas contra suínos, rebentar bolhinhas coloridas e deslizar o polegar num ecrã parecem ser actividades populares para muitos dos que regressam a casa, pelo menos, de acordo com breves observações em
transportes públicos nos últimos dias.
A disseminação dos dispositivos móveis alterou as fronteiras dos espaços de lazer, trabalho e aprendizagem. Alguns dos impactos positivos relacionam-se com a utilização mais direccionada dos tempos livres. Para os pais que precisam de fazer percursos longos ou durante as férias, é cada vez mais frequente delegar nos dispositivos móveis a tarefa de ocupação das mentes das crianças - ver um filme ou realizar uma actividade lúdica ou de valor mais marcadamente pedagógico tornou-se simples, prático e muito acessível.
No seguimento da temática estival e do livro que propusemos na semana passsada, Atividades para férias é um conjunto de actividades criadas no JClic que podem ser usadas no computador ou, com acesso à internet, podem ser executadas em qualquer tablet ou smartphone. Como sempre, usando o JClic Fressa, é possível usar todas as opções de varrimento disponíveis.

Descarregue as Atividades para férias em JClic.

Ecrã de iPAd com ícone do Tar Heel ReaderJá propusemos mais do que uma vez a plataforma Tar Heel Reader como uma ferramenta extraordinária cuja simplicidade pode impedir-nos de perceber e aproveitar ao máximo todo o potencial que encerra a interface limpa e despretensiosa. O público alvo são todas as crianças que começam a ler mas também os alunos que têm dificuldades no processo de aquisição da leitura, os alunos que começam a aprender uma língua estrangeira - existem livros em vários idiomas e a própria aplicação está disponível em inglês, alemão, turco, espanhol, francês, italiano, norueguês e, claro, português -, alunos que usam alguma forma alternativa de acesso ao computador (comutadores, teclado alternativo Intellikeys,..). Basta referir a opção de leitura através de voz de síntese para que a plataforma abra um mundo de possibilidades para milhões de alunos.

Para alunos que tenham iPad, pode usar-se o programa em modo de aplicação, ocupando todo o ecrã e com acesso facilitado. Para isso, abra o navegador Safari no iPad e navegue até ao site www.tarheelreader.org. No canto superior esquerdo do Safari, prima a seta para cima e depois escolha a opção Adicionar ao ecrã inicial. O ícone do Tar Heel Reader aparece no ecrã. A partir deste momento, basta premir o ícone do Tar Heel Reader para aceder directamente à plataforma (obrigado, Jane Farrall).

E já que cá está, leia Férias na Praia, a última história que traduzimos e adaptámos para português.

No ano passado, falávamos sobre um documentário que retratava as férias nas Ilhas Canárias de Maria e Miguel Gallardo e das dificuldades e alegrias de ter um filho com autismo e sobre um livro que entretanto tinha sido publicado em Portugal.

A Fundación Orange produziu há alguns anos uma curta metragem de animação chamada "A Viagem de Maria".  O guião, ilustração e direcção são do ilustrador Miguel Gallardo, a música é de Pascal Comelade e a animação é de La Pera Animación.

Miguel Gallardo diz que este vídeo não é sobre o autismo mas "sobre o carinho, sobre a relação entre um pai e uma filha que, apesar das dificuldades de comunicação, transmitem alto e claramente a sua mensagem de amor". E esta reflecte-se de tal forma no vídeo que vale a pena gastar cinco minutos ou dez a ver e rever.

A Viagem de María foi galardoado com o Prémio Especial do Júri no festival Autismovie 2015, realizado em Cagliari, Italia, este ano.

Para saber mais sobre esta animação, sobre o projecto que a envolve e sobre apps relacionadas para Android e IOS (que não conseguimos encontrar) vá à página específica da Fundación Orange.

Deixamos uma versão do vídeo com legendas em português europeu (escolha a opção de legendagem no canto inferior direito), que traduzimos para tornar as susas férias ainda melhores.