Saltar para o conteúdo

 A Direção-Geral da Educação (DGE) vai promover um curso de formação sobre a temática Braille e Orientação e Mobilidade, dirigida a docentes de todos os grupos de recrutamento.

Este curso de formação decorre entre os dias 3 de março e 21 de abril de 2018, estando prevista a constituição de uma turma em Coimbra e de uma turma no Porto. Tem a duração de 50 horas e é creditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua.

Os interessados devem registar-se na plataforma da DGE através do link http://formacao.dge.min-educ.pt, selecionando em seguida o código do Curso de Formação Braille e Orientação e Mobilidade e procedendo à sua inscrição.

Os interessados devem realizar a sua inscrição até ao dia 23 de fevereiro de 2018.

Para esclarecimentos adicionais, poderá contactar a DGE através do email formacaoedinclusiva@dge-mec.pt

Cronograma da formação Braille e Orientação e Mobilidade em Coimbra

Cronograma da formação Braille e Orientação e Mobilidade no Porto

 Com o Windows 10, a Microsoft melhorou de forma significativa a acessibilidade para pessoas com necessidades especiais. O Narrador, agora dotado de uma voz portuguesa de alta qualidade, tem sido melhorado de modo a funcionar como um leitor de ecrã completo e integrado.

Novas funcionalidades, como a luz nocturna, melhoram a experiência de utilização e beneficiam todos os utilizadores.

Recentemente, a Microsoft publicou um Sway sobre as opções de acessibilidade do Windows 10 e do Office 365. O Sway é uma das novas aplicações da Microsoft que facilita a criação de relatórios, apresentações e histórias a partir da agregação de conteúdos num documento de fácil navegação.

Este documento sobre a acessibilidade do Windows 10 e do Office 365 apresenta mais de setenta opções divididas em quatro áreas: visão, cognição, audição e mobilidade. Para já, este recurso só está disponível em inglês.

Páginas do livro sensorial com acessórios de cozinhaRecentemente divulgámos as propostas do CRTIC de Guimarães (no artigo Novo Curso Faça Você Mesmo Tecnologias de Apoio) para a construção de materiais de baixo custo.

Hoje, novamente no âmbito do curso de criação de tecnologias de apoio de que temos falado, recomendamos a visita ao portefólio do CRTIC de Viana. Este CRTIC construiu também vários equipamentos divertidos e úteis que podem ser usados por muitos alunos, nomeadamente aqueles que precisam de materiais pedagógicos com melhor acessibilidade.

O suporte para tablet pode ser facilmente adaptado para utilização com outros dispositivos móveis ou mesmo como leitoril.

O comutador (manípulo) foi realizado a partir de uma caixa de cartão e pode ser usado para interagir com brinquedos ou com o computador.

O digitalizador de voz é quase gratuito e permite a gravação e reprodução de uma mensagem.

Pode ainda ver como dar corpo a um cão de olhos muito chamativos que ladra se lhe apertamos o pescoço ou um delicioso livro sensorial ou um livro pop-up.

Deixamos o vídeo de uma peça musical tocada num piano de morangos, construído a partir de um Arduino.