Saltar para o conteúdo

O "IBM Social Accessibility Project" é um projecto que tem como objectivo promover a acessibilidade web. Este projecto assenta numa dinâmica colaborativa onde uma comunidade social em rede promove, em regime de voluntariado, acessibilidade na Internet para pessoas cegas ou com baixa visão.

Apresentação da plataforma informática SAPAO CANTIC, com os restantes Centros de Recursos TIC para a Educação Especial, esteve ontem no Auditório do Instituto de Emprego e Formação Profissional de Lisboa, em Xabregas, para a Jornada dos Sistemas de Atribuição de Produtos de Apoio (SAPA).
Também estiveram presentes representantes das restantes entidades prescritoras (Ministérios da Economia e do Emprego, da Saúde e da Solidariedade Social).
De acordo com o Decreto-Lei n.º93/2009, de 16 de Abril, prevê-se a criação de uma base de dados pelos centros prescritores por forma a não existirem divergências nas formalidades nos diferentes centros prescritores e com o objetivo de um controlo efetivo, procurando evitar duplicações de financiamento a utentes.
Neste momento, o sistema informático que gere o SAPA está a ser finalizado e irá agregar as diversas entidades prescritoras financiadas pelos diferentes ministérios, permitindo a prescrição electrónica em substituição da actual em papel. Prevê-se a sua implementação para o início do próximo ano.

Pode obter mais informações no sítio do INR.

dsc08245_001

dsc08158_001Chegou ao fim o III Congresso Internacional “Educação Inclusiva e Equidade” promovido pela Associação Nacional de Professores de Educação Especial (PIN- ANDEE) que decorreu de 31 de Outubro a 2 de Novembro de 2013, no Instituto Piaget.

Durante o Congresso, o CANTIC esteve presente na mostra de tecnologias, para divulgar o trabalho dos Centros de Recursos e alguns dos equipamentos que os alunos utilizam para desenvolver as suas aprendizagens.
O interesse demonstrado pelos participantes, muitos deles brasileiros, promoveu partilhas de diferentes realidades da educação inclusiva. Foram trocadas ideias para novos projectos, partilhámos contactos e vontades de iniciar parcerias com vista ao desenvolvimento novas ferramentas para os nossos alunos.
O Congresso teve início com lançamento de livros e, logo de seguida, um momento especial em que a Pró-Inclusão entregou a sua Medalha de Mérito a personalidades que têm militado pela causa da Inclusão. De todos os homenageados (António Nóvoa, Carmen Duarte, David Rodrigues, Denise Meyrelles, Eulália Cordeiro, José Morgado e José Pacheco) destacamos a nossa mentora Eulália Cordeiro que tanto nos ensinou, transmitiu e permitiu ser!
Tivemos ainda o prazer de ouvir palestras de professores como António Nóvoa, David Rodrigues, Francisco Ramos Leitão, José Morgado, José Pacheco, Maria do Céu Roldão, entre muitos outros, permitindo-nos reflectir sobre as práticas e aumentar conhecimentos.
Agradecemos à Associação Nacional de Professores de Educação Especial o convite para participar neste evento que será certamente um marco de mudança para todos os participantes, na forma de pensar e agir em educação inclusiva!
Para quem quiser aceder às atas do Congresso, já se encontram disponíveis  aqui.

1

aescolanohospitalNo dia 23 de Outubro foi lançado o blogue “A Escola no Hospital”, que pretende dar conta da actividades das Escolas de Hospital do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão (CMRA), do Hospital de Dona Estefânia, do Hospital de Santa Maria e do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil.

A primeira mensagem, a Viagem das Sementes, foi publicada pela escolinha do CMRA. O projeto TeleAula nos hospitais foi lançado em 1998 pelo CANTIC e, graças a uma grande equipa de professores (com muita gente a ajudar), o projecto continua com novos frutos e colheitas - alunos descentrados da doença ligados à escola e aos amigos.

Que esta semente continue a viajar e a germinar.

vodafoneA Vodafone lançou recentemente o serviço Vodafone Voz para SMS, que permite converter as mensagens de voz do telemóvel em mensagens de texto.

Todos os clientes Vodafone podem ter este serviço que, no entanto, obriga a que o Voice Mail não esteja activo. A conversão de mensagens não é gratuita.

Com esta possibilidade, podemos receber informações importantes sem necessidade de aceder à caixa de correio de voz. Os ganhos em termos de usabilidade são importantes e facilitam a comunicação a pessoas com deficiência motora, que podem agora deixar mensagens de voz para serem lidas como SMS, e pessoas surdas, que passam a poder ler o conteúdo das mensagens de voz.

Para mais informações sobre este serviço, consulte o site da Vodafone.

3simposio-investigacao-em-educac3a7c3a3o-especial-e-inclusivaNo próximo dia 11 de Outubro de 2013, sexta-feira, pelas 17:30 irá decorrer o 3º Simpósio Investigação em Educação Especial e Inclusiva, nas instalações do Instituto Jean Piaget  de Almada.

Alguns dos estudos sobre a realidade da Educação Especial e Inclusiva em Portugal que têm vindo a ser produzidos no âmbito do Mestrado em Educação Especial da Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada são aqui apresentados.

É no sentido de dar a conhecer e de interagir com este conhecimento que o Mestrado em Educação Especial da ESE Jean Piaget de Almada organiza, anualmente, o presente Simpósio. Constitui, igualmente, um objetivo deste evento, apresentar aos participantes a organização do curso e as linhas de investigação envolvidas.

(Fonte: facebook Instituto Piaget)

Cartaz da campanha Preencha esta vidaA plataforma de angariação de fundos Preencha Esta Vida, desenvolvida pela Associação Salvador, é uma forma de a sociedade civil poder apoiar as pessoas que a Associação não conseguiu ajudar através da iniciativa Ação Qualidade de Vida.

Os casos apresentados nesta plataforma estão integrados na iniciativa "Ação Qualidade de Vida", que visa atribuir apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e com comprovada falta de recursos financeiros.

Para mais informações sobre a Associação responsável por esta plataforma, consulte o site Associação Salvador

Para saber como contribuir para o sucesso desta plataforma de angariação de fundos, consulte o sítio Preencha esta Vida.

2

Foi publicado a 12 setembro de 2013 o Despacho 11861/2013, que contempla o apoio ao transporte escolar dos alunos com necessidades educativas especiais de carácter permanente para as escolas de referência ou para as Unidades de Ensino Estruturado e de Apoio Especializado. Contempla ainda o aumento da comparticipação destinada à aquisição de manuais escolares, a par do reforço da necessidade de utilização da bolsa de manuais instituída pelo Despacho nº 11886/2012.

Este apoio será mais um contributo para o sucesso escolar dos alunos com mais dificuldades económicas.

Logótipo Daisy ConsortiumRecentemente, a Biblioteca Nacional de Portugal que, na sua essência, tem como missão manter vivos os recursos da sua língua, história e identidade, assim como a conservação, acesso e internacionalização, aumentou o seu valor social através da promoção de iniciativas convergentes com o mundo da pesquisa, associando-se ao Consórcio Daisy.

Desde 2005 são produzidos em Portugal manuais escolares e outros livros em formato Daisy (Digital Accessible Information System), formato áudio-digital com funcionalidades acrescidas para pessoas cegas ou com baixa visão. A produção destes livros é fruto de uma parceria estabelecida entre o Ministério da Educação e Ciência, a Fundação Vodafone e a Porto Editora.

O Ministério da Educação e Ciência, norteando a sua ação pelo princípio de que nenhum aluno, por condições de deficiência ou incapacidade, deverá estar limitado no seu acesso à leitura e à informação escrita, tem vindo, no âmbito das suas responsabilidades, a apostar de forma clara no incentivo à produção de materiais de leitura em formatos acessíveis a alunos com necessidades educativas especiais. Neste contexto, os enunciados das provas finais de ciclo e dos exames finais nacionais dirigidos a alunos cegos e com baixa visão em 2013, já foram apresentados em formato Daisy (Digital Accessible Information System).

Logótipo do ColorAddO ColorADD é um sistema de identificação de cores desenvolvido com base nas três cores primárias, representadas através de símbolos gráficos. Assenta num processo de associação lógica, através do conceito de adição das cores, que permite às pessoas com daltonismo relacionar os símbolos e identificar facilmente toda a paleta de cores. O branco e o preto surgem para orientar as cores para as tonalidades mais claras ou escuras.

A implementação do código ColorAdd para alunos com daltonismo já começa a dar alguns passos. O Ministério da Educação e Ciência incentiva as escolas à utilização deste recurso educativo por forma a garantir a plena integração do público daltónico sempre que a cor seja um fator determinante na comunicação e na aprendizagem.

A inclusão do código ColorADD enquanto sistema complementar à legendagem de mapas, figuras ou esquemas, e também nas provas de avaliação e exames nacionais, justifica-se sempre que a cor é um fator determinante para a leitura do enunciado e para a produção da resposta, possibilitando assegurar condições de equidade no universo de alunos com daltonismo.

Pode ver um exemplo de boas práticas na biblioteca da Escola EB1 nº2 de Mem Martins, a primeira Biblioteca do Mundo com o Sistema de Identificação de Cores para pessoas com daltonismo.