Saltar para o conteúdo

Capa do RelatórioO Projecto ICT4IAL (ICT for Information Accessibility in Learning) é uma rede internacional de parceiros que representam as comunidades de aprendizagem e de Tecnologias de Informação e Comunicação. De forma a dar cumprimento aos seus objectivos de conscientizar e dar visibilidade às questões da informação acessível e da sua importância para a equidade das oportunidades de aprendizagem, têm sido produzidas várias publicações de grande interesse. O Relatório Tecnologias de Informação e Comunicação para a Inclusão - Desenvolvimentos e Oportunidades para Países Europeu, agora disponível em várias línguas entre as quais o português, apresenta os principais resultados de um projecto de dois anos da Agência Europeia para a Educação Especial e a Educação Inclusiva, tentando identificar os factores críticos que sustentam o uso efectivo das Tecnologias de Informação e Comunicação em ambientes inclusivos, com atenção particular aos alunos com deficiência e necessidades educativas especiais.

Tendo em conta o interesse do tema e a forma como é tratado neste relatório, recomendamos vivamente a leitura.

“Tive vontade de voltar a escola
mas o doutor não deixou" (Tim & Rui Veloso)

A escola, enquanto lugar de aprendizagem e socialização por excelência, não admite interrupções. Para uma criança que fica retida em casa ou que é obrigada a conviver com o estranho mundo dum hospital, manter a ligação à escola não é uma imposição sem sentido. Pelo contrário, este tempo pode ser usado para contactar com novos professores, realizar actividades escolares diversas, recuperar matérias, preparar-se para o regresso à escola. O Dr, Mário Sousinha, médico no IPO, dizia que o internamento na vida das crianças é temporário. O que não é temporário, como a escola, deve ser sempre oferecido ao aluno. De facto, esta continuidade tem benefícios pedagógicos inegáveis, para além de minimizar os efeitos negativos de centrar-se demasiado na doença.

...continue a ler "Da minha cama vejo a escola"

2

um cacto, dois gatos e três patosO Tar Heel Reader é uma biblioteca aberta - sem custos, acessível a pessoas com dificuldades motoras e outras, com novos livros diariamente, aceitando contribuições de leitores de todo o mundo. Por isso, é virtualmente infinita. Por isso também, responde às necessidades de muitos professores que procuram para os seus alunos livros de leitura simples, numa diversidade de temas apaixonantes para os jovens leitores e que em muitos casos podem ser usados na matemática, nas ciências ou na história, e em número grande mas incerto porque sempre crescente.

Uma biblioteca poderia mostrar-te tudo se soubesses para onde olhar.
Pat Conroy

O vídeo que hoje partilhamos mostra como se pode guardar um livro em formato ePub. O ficheiro resultante pode depois ser usado quando não exista acesso à internet, pode ser impresso para criar actividades ou distribuído aos alunos. Outra possibilidade é a utilização em tablets. Neste caso, e apesar de podermos ver os livros no Safari ou no Chrome acedendo à página do Tar Heel Reader, podemos construir uma biblioteca em aplicações como o iBooks ou o GoodReader.

Se descarregarmos os livros para Powerpoint, podemos enriquecê-los com outras imagens, sons ou narração por um aluno mais velho, por um encarregado de educação ou pelo professor.
As ilustrações dos materiais escolares foram criadas pela Cátia e a ovelha é da Nairça Gonçalves, alunas de Design Gráfico do Agrupamento Eduardo Gageiro.

 

2

tar heel O Tar Heel Reader é uma biblioteca de livros gratuitos vocacionada para leitores numa fase inicial da aprendizagem. Criado em 2008 por Gary Bishop, professor de Ciências da computação da University of North Carolina, e Karen Erickson, directora do Center for Literacy and Disability Studies, o site tem crescido exponencialmente em leitores e livros publicados.
Nasceu da vontade de fundar uma comunidade virtual através da qual fosse possível partilhar livros para pessoas com deficiência que não podem manipular livros físicos.
Sob a simplicidade aparente do site, esconde-se um manancial de possibilidades - todos os livros podem ser ouvidos com voz de síntese e consultados por utilizadores de ecrãs tácteis, teclado Intellikeys e manípulos. Pode também escrever os seus livros recorrendo às imagens disponíveis no Flickr ou carregando as suas. Se quiser usar os livros na sua aula sem ligação à internet, pode descarregá-los para Powerpoint ou em formato ePub.
Hoje ficou disponível a tradução para português. Pode descobrir os livros em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e turco. Para aumentar a, para já, modesta biblioteca em português, contamos com a sua colaboração.
Vá a http://tarheelreader.org para começar a ler e escrever as suas histórias. Clique aqui para pesquisar os livros disponíveis em português.

O ano lectivo começou pMenina com tabletara a maior parte dos alunos e, a acompanhá-lo, vem uma mistura de sentimentos provocados por todas as novidades: novos colegas, novos professores, novas tarefas e até novos manuais e materiais escolares.
Também os professores  procuram novas formas de ir ao encontro dos seus alunos, de modo a tornarem mais eficaz a sua intervenção pedagógica. As tecnologias são hoje ferramentas fundamentais mas também motor de inovação na escola.

O projecto Comenius TACCLE (Teachers' Aids on Creating Content for Learning Environments) propõs-se criar livros em formato papel e digital (Atividades Com Tecnologias para a área das Humanidades, também em português, e Atividades Com Tecnologias para a área das Ciências, Atividades Com Tecnologias para a área das Artes, Atividades Com Tecnologias para o desenvolvimento de Competências-Chave - STEM) dirigidos a professores que pretendem usar as tecnologias nas suas aulas.

O livro Atividades com tecnologias para crianças dos 3 aos 12 anos: propostas para professores e educadores é uma tradução recente do original inglês. Está dividido em duas secções. A primeira, apresenta dezenas de actividades com tecnologias, organizadas por temas (literacia, raciocínio numérico, ciências, humanidades, artes, projectos e actividades interdisciplinares), idade e grau de dificuldade. A segunda secção contém indicações importantes sobre como usar as tecnologias em contexto de sala de aula, sugestões sobre segurança e informações muito pertinentes sobre copywright, hardware e até uma lista de "Erros Que Já Cometemos".

Pode descarregar este livro em formato PDF no sítio do TACCLE2 ou, directamente, clicando aqui.

Recomendamos vivamente a sua leitura e a cópia descarada e urgente das ideias que são apresentadas para a sua sala de aula.

1

Ilustração com Maria e Miguel GallardoCom as férias em pleno, mal seria não recomendar uma leitura estival. O livro Maria e eu, do ilustrador catalão Miguel Gallardo, foi publicado há já dois anos pelas Edições ASA mas não se encontra facilmente nas livrarias. Através de desenhos, conta as peripécias de uma viagem de férias de uma semana às Canárias de um pai e da sua filha autista. O livro é um documento pungente da relação entre dois mundos: vale pela leitura, pela mensagem, pela candura mas também pelas magníficas ilustrações.

Com base no livro (o original espanhol é de 2008), Félix Fernández de Castro realizou um documentário em 2010, utilizando parte dos desenhos de Gallardo. O documentário está disponível online, na página da TVE sobre a rubrica El Documental. Clique aqui para ver o documentário premiado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 4 de Julho participámos no Encontro de Professores sobre a Utilização Educativa das TIC TIC@Portugal'14. A parte da tarde foi dedicada a workshops e partilha de boas práticas. O CANTIC apresentou dois testemunhos de dinâmicas de TeleAula bem distintos.

Do meu sofá verde vejo a escola – Impactos da TeleAula num projeto de vida mostrou a utilização da TeleAula por alunos em situação de domicílio que, por motivos de doença crónica, não podem frequentar presencialmente a escola. Nesta comunicação, contámos com o testemunho do David Varela que levou esta dinâmica ao ensino superior, tornando-se no primeiro aluno a licenciar-se em Portugal por videoconferência. O David criou recentemente a associação de apoio comunitário Vem Vencer e, em Setembro, vai voltar à Faculdade para tirar o mestrado em economia social. Está disponível o resumo da comunicação.

A apresentação do projeto  Let’s animate, dinamizado pela professora Betina Santos, de uma escola de 1º ciclo de Montemor-o-Novo, contou com a participação ativa da escola de hospital de Alcoitão , pelo que também contámos com a presença da professora Sónia Bártolo. Na comunicação Let's animate - Criatividade e Inclusão num projeto de eTwinning apresentámos também a rede de escolas de hospital com o projeto TeleAula (Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, Hospital de Dona Estefânia, Hospital de Santa Maria e Instituto Português de Oncologia), como funciona, os modelos pedagógicos associados e os projetos que estas escolas desenvolvem.

Como sempre, pode acompanhar o trabalho das escolas de hospital no respetivo blogue.

1

banner-plip-680x303Fruto de uma iniciativa do Instituto Politécnico de Leiria, o Projeto de Leitura Partilhada Inclusiva (PLIP) pretende levar os livros a TODOS, através do desenvolvimento de kits de leitura multiformato (livros em formato Braille e em alto-relevo, audiolivros, audiolivros em formato Daisy, vídeo-livros em Língua Gestual Portuguesa - LGP, pictogramas, versões simplificadas, entre outros).

Para além da adaptação de obras já publicadas, alguns livros foram criados especialmente no âmbito deste  projeto. Com esta inciativa e outras que lhe estão associadas, pretende-se contribuir para  que os leitores com necessidades específicas possam ter acesso aos livros em versões com novos formatos.

...continue a ler "Leitura Inclusiva"

2

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 30 de Janeiro, Nuno Vicente  lançou o seu primeiro livro “Sou feliz à minha maneira”, edição Terra Branca. Foi um momento muito especial, tanto para ele como para todos os que têm participado no seu percurso de vida. O auditório da Escola Superior de Educação de Santarém foi o local escolhido para a ocasião. Estiveram presentes algumas personalidades de Santarém, vários professores que acompanharam e acompanham o Nuno, o CANTIC, amigos e familiares.

...continue a ler "Sou Feliz à Minha Maneira"

Título: Pinheiro com bolas coloridas e estrela. Texto Votos de Feliz Natal

FELIZ NATAL 2013
"A única pessoa realmente cega no tempo natalício
é aquela que não tem o Natal no coração"
(Helen Keller)

Votos de um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de sucessos pessoais e profissionais

Um ebook gratuito, Corey the Christmas Calf, sobre os presentes importantes, disponível em http://www.amazon.com/Corey-Christmas-Calf-ebook/dp/B00H9A9YG0.